Mais Uma ChanceAno: 2016
Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Introdução

Eu li e reli esse livro pra poder escrever essa resenha pra vocês. Preciso dizer, que foi algo bastante diferente do que estou acostumada com os livros da Abbi Glines. Por mais que as coisas nem sempre dão certo e não vão pra um lado que imaginavamos, em alguns momentos, achei que estava lendo um livro do Nicholas Sparks, ao invés dos doces e apaixonantes livros da autora.

Em Mais uma chance, Grant está literalmente desesperado. Quem teve a oportunidade de ler o primeiro livro da duologia, sabe o golpe que esse homem sofreu. Ele está a muitos dias sem contato com o amor da sua vida, Harlow. Harlow foge pra casa de seu irmão, mas não conta de seu paradeiro. Ela sofre de uma condição cardíaca séria, e seu irmão Mase, quando vê que as coisas estão piores, pede ajuda a Rush.Embora Rush saiba do paradeiro de Harlow, ele não conta a Grant, só diz que ela está bem e precisa de um tempo. A parte mais triste da trama, é uma bomba, mas também é um sonho que Harlow está disposta a dar a vida, embora ame Grant incondicionalmente. Vemos o sofrimento de Grant e o sofrimento de Harlow. Será que terão coração pra dar mais uma chance a esse romance?

Prepare-se pra chorar… Abbi Glines, você conseguiu. 

Sobre Abbi Glines

Abbi Glines - Author

Abbi Glines é um # 1 New York Times. Ela tem uma nova série YA que sai no segundo semestre de 2015 intitulado The Field Party Series. Ela nunca cozinha. Ela acredita em fantasmas. Bebe o chá da tarde, porque ela quer ser britânica, mas “infelizmente” ela nasceu no Alabama. Quando perguntam quantos livros ela escreveu, ela tem que parar e contar nos dedos. Quando ela não está trancada escrevendo, ela está lendo, fazendo compras (tem vício por sapatos e bolsas), assistindo filmes no cinema sozinha ou fazendo anotações mentais sobre suas histórias para usar em seus livros.

Edições estrangeiras

17835766 18910468 25473189 28812267

Narrativa

A narrativa segue o padrão dos livros anteriores, temos o ponto de vista tanto de Harlow, quanto de Grant. Gosto desse modo de contar a história, pois temos uma visão ampla do que está acontecendo, principalmente, entendemos mais a fundo o que se passa na cabeça de cada personagem. Abbi, faz isso muito bem, como cria diálogos bem elaborados e que roubam o coração do leitor do melhor jeito: com uma trama viciante e bem explorada em todos os sentidos.

Ver um pouquinho dos outros personagens, é algo que também impulsiona o leitor a continuar lendo a série. Tive o cuidado de ler na ordem e a experiência é muito boa. Acredito que todos os leitores se encantam por vários personagens e vê-los, nem que seja em uma cena ou outra, trás um gostinho bom de saudade.

Capa e diagramação

Embora eu não seja muito fã das capas da série, não poderia ser diferente. A diagramação é simples e agradável. Felizmente, em nenhum momento encontrei algum erro grave. A leitura flui bastante.

Considerações finais

Em todos os outros livros, o romance ganha uma pitada cenas “ardentes”. Nesse caso, Abbi mostrou uma faceta diferente e que em certos pontos, me surpreendeu bastante. Ambos os personagens são fortes e encantadores, é uma leitura sofrida, mas que no fim, nos envolvemos por completo.