Meu Irmão Jimi Hendrix – Leon Hendrix 

Meu Irmão Jimi Hendrix

Edição: 1
Editora: Prumo
ISBN: 9788579272226
Ano: 2012
Páginas: 271
Tradutor: Maria Elizabeth Hallak Neilson

Mais de quarenta anos após a morte do maior guitarrista de todos os tempos, Jimi Hendrix continua encantando a todos com sua música e conquistando novos fãs. Sim, há inúmeras biografias do músico, mas esse livro traz pela primeira vez um relato único e revelador desse grande ícone do rock: uma biografia intimista narrada por seu irmão caçula – Leon Hendrix. Em uma vertiginosa viagem ao passado, o autor nos leva a conhecer uma faceta não explorada de Jimi Hendrix, seus dias antes da fama, a partir de sua infância em Seattle, onde a fascinação por ficção científica e seres extraterrestres o ajudavam a escapar dos problemas familiares, da relação conturbada com os pais. Leon rememora ainda o encantamento que a música produzia em seu irmão ainda criança, até os experimentos extravagantes que anos mais tarde o consagrariam como o maior guitarrista de todos os tempos. Em comemoração ao que teria sido o 70º aniversário de Hendrix, a Editora Prumo traz o relato comovente de Leon Hendrix – lançando uma nova luz sobre a lenda da guitarra.

proibido

Introdução

O livro Meu Irmão Jimi Hendrix publicado pela editora Prumo em 2012 é um presente aos fãs. Pois saberão bastante da relação de Leon com Jimi e os momentos que estiveram juntos. Eu confesso que esperava um pouco mais. Um pouco mais de Jimi e menos de Leon, porém ele mostra o quanto eram ligados e as influências que seu irmão lhe deu de presente: o gosto pela música e o incentivo para seguir nesse ramo.

Narrativa

A narrativa começa com a notícia da morte de Jimi. Leon estava preso e ouvia boatos quando o chamaram para conversar e dar a notícia. Nos capítulos seguintes, Leon discorre sobre a sua infância com Jimi, as primeiras bandas de Jimi, o sucesso esplendoroso e a sua queda por drogas. É triste ver como talentos como Jimi, Janis e muitos outros foram ceifados por alucinógenos, entorpecentes e muito álcool. Músicos de verdade, com músicas tocantes, marcantes, intensas que viverão eternamente em todos os fãs. O livro acaba sendo um presente, uma narração da vida de Jimi através dos olhos de Leon, que não é um cara totalmente bacana, cometeu muitos erros, agora tenta levar uma vida diferente e segue carreira musical pelo mundo. Minha primeira impressão do livro foi que houvessem mais momentos. Esperava ver mais Jimi. Porém o livro tem uma medida certa de acontecimentos. São bastante datados e marcados até com datas. O pai dos meninos me causou um pouco de asco de início. Porém após a morte da mãe deles, ele fez um papel fundamental na vida deles e acabou por se destacar durante a leitura do livro.

Quote favorito

Foram muitos quotes pelo qual me apaixonei, foi difícil escolher somente um. Porém esse me marcou bastante:

“Tudo o que tinha para nos sustentar eram minha arte e minha música e, para mim, estava ótimo. As dificuldades e os tempos duros me haviam concedido resistência e um espírito positivo. Não importa o que aconteceu, o que importa é que hoje estou em paz.”

Considerações finais

Um livro pra quem é fã de boa música e se encanta a se pegar cantarolando e imitando Jimi Hendrix nas noites mais solitárias. Conhecerá não só a vida do astro Jimi Hendrix, mas do irmão Buster, do qual ele sempre vai se lembrar.