Não Chegue Tão Perto

ISBN-13: 9788568432099
ISBN-10: 8568432093
Ano: 2016 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Fábrica 231

Introdução

Em Não chegue tão perto, Stella Davies, é uma psicóloga que vive incomodada com seu passado. Ela está em casa e o tempo não está nada bom, quando de repente, a campainha toca. Ela fica indecisa se abre ou não a porta. Mas quando abre, encontra Blue, uma jovem de 15 anos, que diz ter morado no local e que não tem como voltar para casa. Stella cede, mas o problema, é que ela não sabia o quanto ter deixado a garota entrar, mudaria sua vida.

Sobre Luana Lewis

Luana Lewis é psicóloga clínica e autora de dois livros de não ficção: Na Adult´s Guide to Childhood Trauma e Dealing with Rape.  Em Não chegue tão perto, seu primeiro romance, ela usou de toda a sua experiência profissional para criar um emocionante thriller psicológico.

Edições estrangeiras

18189464 25458555 25203036 18486403 29867737

Narrativa

A narrativa é feita em terceira pessoa e ocorre em três momentos diferentes. No começo isso pode confundir o leitor, mas depois de algumas páginas, tudo fica mais claro e compreensível.

Meu fascínio por thrillers foi o chamariz para leitura do livro. Confesso que não me decepcionou em nada. O livro mantém o leitor atento aos detalhes e o capacita e incentiva a ter deduções do que está prestes a acontecer. Diálogos bem construídos, personagens bem caracterizados e com surpresas que vão além da expectativa.

O tempo dos acontecimentos é agradável e é possível conhecer os personagens e os acontecimentos de modo bem claro. O bom é que a teia que o leitor vai tecendo com a leitura, não acontece de uma hora para a outra, o que faz a leitura ainda ser mais interessante.

Stella tem segredos, medos, idealizações e inseguranças. Blue é uma personagem que me agradou bastante, pois mexeu bastante com a protagonista, é provocante e destemida.

O envolvimento psicológico da trama é bem fundamentado, a construção do clímax me agradou bastante e a leitura foi concluida em questão de horas.

Projeto gráfico

Quando vi pela primeira vez a capa, achei que não era adequada, mas quando o livro chegou e começei a ler, compreendi todas as nuances. A diagramação é bem agradável, não houve nada na parte gráfica da obra que me incomodou.

Considerações finais

Não chegue tão perto, é um dos livros que fui sem expectativas e me encantei com uma narrativa criativa, envolvente e cheia de suspense. Um presente que provavelmente ficará marcado em minha mente por um bom tempo.