Salve-me

ISBN-13: 9788584840076
ISBN-10: 8584840079
Ano: 2016 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Jardim dos Livros

Introdução

Em Salva-me, Sadie Hollowell e Vince Haven vão para Lovett, uma pequena cidade do Texas. Ela volta pra cidade após anos sem ver o seu pai, para o casamento de uma prima. Enquanto Vince, vai visitar sua tia e procura alguns possiveis investimentos. Ambos tentam recomeçar e deixar o passado para trás. Sadie não quer ir ao casamento da prima sozinha, então acaba convidando Vince para que faça companhia. E claro, como toda cidade pequena, eles viram o alvo das conversas na pacata cidade.

Sobre Rachel Gibson

Foto -Rachel GibsonRachel Gibson descobriu seu talento como escritora aos 16 anos, quando saiu com o carro do pai e bateu em um barranco. Quando seus pais chegaram, contou uma história tão real, que seus pais acreditaram que ela havia sido vítima de um acidente de trânsito. E desde então não parou mais de contar histórias. Escritora de sucesso nos EUA, ganhadora do Prêmio RITA, está feliz ao ver que um de seus romances está em primeiro lugar na lista do jornal americano The New York Times. E seus outros romances figuram no Top Ten Favorite Books of The Year (lista dos 10 livros mais vendidos no ano, publicada pelo jornal The New York Times).

Edições estrangeiras

12929915 17133552 18631644 13154329 23767087 20618991

Narrativa

A narrativa de Rachel é sempre bem envolvente. Os personagens se apaixonam praticamente num piscar de olhos, mas a construção desse relacionamento é gradual e gostosa de acompanhar. Ambos tem suas amarguras e pontos fracos, o que os torna ainda mais humanos. Só sinto falta de um amadurecimento da autora, pois sempre é mais do mesmo, com personagens parecidos em situações próximas. Mas no geral, ambos os personagens são cativantes.

Tem cenas engraçadas, tem cenas mais dramáticas e os acasos acontecem aos montes. Se tem cenas mais apimentadas? Tem, mas nada que tome conta do livro por completo. Vince é um personagem carismático e conhecemos ele a fundo quando ele protagoniza o capítulo. Enquanto Sadie, é uma mulher comum e que tem o famoso dedo podre para relacionamentos, vive se encantando pelos caras errados. Ela sente a pressão da sociedade por ser uma mulher de 33 anos e solteira. Além do relacionamento nada bom que tem com o pai.

Projeto gráfico

Adoro o projeto gráfico dos livros da Rachel, embora sejam bem simples, passam a leveza de sua narrativa. A diagramação é bem confortável. No geral, é um ótimo trabalho.

Considerações finais

Salva-me é como todos os outros livros da autora, embora sejam previsíveis, são gostosos de se ler em uma tarde. Um livro apaixonante e engraçado, a mistura que eu estava precisando e não me decepcionei.