Feitiço da Sombra


ISBN-13: 9788580414189
ISBN-10: 8580414180
Ano: 2015 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro

 

Segundo livro da trilogia Primos O’Dwyer, Feitiço da sombra é uma emocionante história sobre os maiores poderes mágicos que existem: o amor, a amizade e a família. Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido… Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez.

Introdução

Em Feitiço da Sombra, o foco do livro se concentra em Connor O’Dwyer. No que no primeiro volume, os holofotes estavam em Iona, prima de Connor. Connor é um homem bonito, trabalhor, forte e que arranca suspiros por aí. O intuíto de destruir Cabhan é herança do livro anterior, mas isso nem de longe será fácil. E claro, o romance. Connor e Meara tem uma situação mal resolvida há muito tempo. Essa amizade e o medo de perdê-la vivenciando um romance é grande.

Feitiço da Sombra é o segundo volume da trilogia. Confira a resenha de Bruxa da Noite #1.

Sobre Nora Roberts

Eleanor Marie Robertson nasceu em 10 de outubro de 1950 em Silver Spring no estado de Maryland nos EUA. Nora Roberts é uma simplificação do seu nome de batismo. Começou a escrever em fevereiro de 1978 quando ficou presa com seus filhos em uma nevasca. Ela escreveu sob psedônimos como Sarah Hardesty, Jill March e J.D. Robb ( que vêm das iniciais de seus filhos e seu sobrenome). É uma autora de best-sellers românticos e foi a primeira mulher a figurar na Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos (Romance Writers of America Hall of Fame).

Edições estrangeiras

21229837 22715190 23128688 23515533 23390826 23896896 25542157  26095618

Narrativa

Em terceira pessoa, dá margem a conhecer a fundo todos os personagens importantes. A sensação que tive foi a de que Nora poderia ter trabalhado mais em questões novas. Em alguns momentos, a repetição se torna excessiva e sem necessidade para tal. Nora não saiu da “caixinha do romance” e acaba tornando o livro muito mais voltado a ele do que o desenvolvimento da história da maldição. Em alguns momentos me irritei, pois parecia mero pano de fundo. O romance que é algo do qual ela já está acostumada a fazer, é fofinho. Mas eu esperava algo mais balanceado com todo o universo e o poder que a trama tem como premissa. #Nora.sai.da.zona.de.conforto.mulher

Diagramação

O trabalho gráfico da Arqueiro é bom. Gosto da uniformidade que criaram pra trilogia, tem tudo a ver com a trama (diga-se de passagem). A diagramação é simples e agradável.

Considerações Finais

Feitiço da Sombra está longe de ser o melhor. Mas é uma leitura fácil, ágil e que definitivamente me tirou da ressaca literária após um livro devastador. Eu não sei o que esperar do seguinte, mas serei paciente e não criarei expectativas.