O Para Sempre de Ella e Micha

Edição: 1
Editora: Geração
ISBN: 9788581302331
Ano: 2014
Páginas: 336
Tradutor: Marsely Dantas

proibido

Introdução

Em O Para Sempre de Ella & Micha, Ella está na faculdade, Micha está em uma turnê. Ella tem constantes pesadelos e o medo de Micha ser abandonado o amedronta constantemente. O segundo volume da série é um misto de constantes cenas de ciúmes e segredos bem guardados. O relacionamento a distância, não é a oitava maravilha. Encontram muita dificuldade ao longo do caminho. Será possível se manterem juntos? Quantos segredos são capazes de aguentar? E a saudade?

É o segundo volume, caso queira conferir a resenha de O Segredo de Ella & Micha.

Sobre Jessica Sorensen

Foto -Jessica Sorensen

Autora best-seller do New York Times. Jessica Sorensen, vive com o marido e três filhos nas montanhas nevadas de Wyoming. Quando não está escrevendo, ela gasta seu tempo lendo, ouvindo música, assistindo séries (The Vampire Diaries e Modern Family) e saindo com sua família. Um amante da música, ela tem um amplo gosto musical, esses são alguns de suas atuais bandas favoritas: Chevelle, Rise Against, Alkaline Trio, Brand New, Death Cab for Cutie, Flight 409, e Nirvana. Alguns dos seus filmes favoritos são Juno, Orgulho e Preconceito, The Hangover, e Bad Teacher. [Site]

Narrativa

A leitura para mim, foi bem fluída. Fiquei feliz de encontrar uma trama mais pé no chão. Embora ela comece de um jeito bem impossível, aos poucos vamos encontrando sentimentos e reações plausíveis durante a trama. É fácil apontar o dedo e comentar sobre as incertezas e inseguranças de um casal. Mas ali, poderia ser qualquer um. Lidar com esses compromissos e ao mesmo tempo se dedicar a um relacionamento, tem sido uma dificuldade constante na vida deles. O livro segue o mesmo formato do livro anterior, ou seja, Ella e Micha ganham capítulos e voz durante a trama. Se Ella deixou leitores nervosos por sua insegurança e decisões mega imaturas, nesse livro não é diferente. Ela fica ainda pior, pois se vê numa situação complicada. No livro anterior ela o afasta. Nesse livro, eles estão afastados e querem estar juntos. Ou seja, um caminho inverso e que carrega mais os sentimentos ruins do que os bons. Micha, dá o equilibrio a trama, embora querendo estar perto e teme o fim do relacionamento, ele é fofo e compreensível até quando não deveria ser. Blake (colega de faculdade encantado por Ella) e Naomi (integrante da banda de Micha) tornam a discórdia maior, mas não ganham devida atenção ao decorrer dos capítulos.

Senti que o livro não tinha profundidade suficiente para essa continuação. Faltou uma grande premissa que torna-se algo interessante para quem acompanhou o livro anterior.

Diagramação

A capa é harmônica com o livro anterior. No primeiro, temos a visão de Ella, nesse Micha estampa a capa. Confesso que não combinava muito com a ideia que eu tinha do personagem. O padrão de diagramação do livro anterior foi mantido. Simples e direto.

Considerações Finais

Não foi uma leitura melhor do que o livro anterior, pelo contrário. Sinto que Jessica deveria ter parado por ali. Afinal, não se meche em time que está ganhando. Às vezes, o livro precisava de mais um tempo para ser escrito. Jessica meio que se empolgou com os personagens e acabou morrendo na praia da tentativa.