Piscina já!

ISBN-13: 9788578481445
ISBN-10: 8578481445
Ano: 2014 / Páginas: 104
Idioma: português
Editora: Biruta

Era um Brasil bem diferente.
Um país debaixo de Ditadura.
Tem gente que não conheceu esses tempos e nem imagina como foi. Era dureza, chumbo grosso. O Brasil estava um breu na época. E mesmo assim a garotada do Condomínio da Colina partiu para a briga contra a repressão.
E foi uma aventura dessas que quem viveu nunca esquece!
Como foi? No que deu?…
Está contado aqui… em Piscina Já!
Uma viagem para um tempo em que gente como a gente lutou – de várias maneiras – pela liberdade!

Introdução

Em Piscina Já, uma garotinha de 11 anos vive uma época conturbada em uma casa no Rio de Janeiro. Além da época difícil, o seu tio Zeca está desaparecido. Um dia ele simplesmente sumiu.

Sobre Luiz Antonio Aguiar

Autor de cerca de 90 títulos. Ganhou diversos prêmios pelo mundo, o Jabuti (1994); várias menções do Prêmio Altamente Recomendável, da FNLIJ; inscrito na lista de honra do IBBY (2007); o White Ravens (2008), a maior biblioteca de literatura infantil e juvenil do mundo – na Alemanha. Mestre em Literatura Brasileira pela PUC RJ. Colaborador em jornais. Costuma ministrar oficinas de leitura e de criação literária por todo o país.

Site oficial

Sobre Tiago Lacerda

Tiago Lacerda nasceu em 1979 em Volta Redonda. Formou-se em Design e trabalhou como cartunista, fazendo animações para TV e Cinema. Desde 2012 ilustra uma coluna semanal da Revista São Paulo; em 2013 tornou-se colaborador da revista VIP. Além disso, é editor da revista Beleléu, um importante selo de quadrinhos na cena independente do Rio de Janeiro.

Site oficial

Narrativa

A família dessa garotinha vai as pressas ao Condomínio das Colinas, onde as férias finalmente chegaram e teriam um pouco de paz.  Mas a atração principal foi tirada de todas as crianças pelo novo morador: general Pimenta. Unindo suas forças, irão lutar pelo direito a ter acesso a piscina, que para as crianças era tudo. Uma visão bastante criativa de um dos momentos mais complicados do Brasil. Uma releitura da Ditadura, sem esconder, pelo contrário, o autor explora a situação de modo bastante real. A tortura, o desaparecimento e o conflito são constantes em uma trama curta, mas sobretudo, muito sólida.

Como a narrativa é sob os olhos da garotinha, os personagens mais importantes, sem dúvida, são sua avó e o tio zeca. Ambos os personagens são aprofundados de uma forma muito carinhosa. Não tem como não se encantar.

Diagramação/capa

Mais um trabalho belíssimo da editora. Já não é novidade para quem acompanha minhas resenhas tanto da Biruta quanto da Gaivota. Ambas tem um cuidado muito grande com as publicações. A narrativa de Luis em harmonia com as ilustrações de Tiago derão o toque especial ao livro. O destaque da narradora do livro na capa, é essencial. A postura da garotinha diante da narrativa é semelhante, imponente.

Considerações Finais

Um livro curtinho, mas que promove reflexões que repercutem por muito tempo. Uma época onde quase tudo era proibido, personagens que se fundem com a realidade da época. O fato de escrever um livro para crianças sobre a ditadura e contar alguns dos problemas que vieram junto com ela, é fantástico. O trabalho de Luiz, eu já conhecia, mas esse sem dúvida, é um livro muito marcante em sua carreira.