Sonhei que amava você

Ano: 2014 / Páginas: 296
Editora: Valentina

Ele estava vivo nos meus sonhos. E que sonhos! Mas era pouco. Eu queria ele na minha vida. Uma história cativante e inesquecível, cheia de mistérios e perguntas a serem respondidas. Pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos? Kira, aos 22 anos, está apaixonada, vivendo um momento único de amadurecimento pessoal e profissional. Quem é o sedutor garoto que transforma suas noites em poesia e êxtase? Mas, apesar do maravilhoso momento que está vivendo, a garota terá que enfrentar obstáculos e barreiras. Mas sabe que a vida reserva o melhor para o final. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração.

proibido

Introdução

Em Sonhei que Amava Você, Kira, uma garota de 22 anos que já tem uma carreira conjunta com sua melhor amiga (Lelê) em uma loja de decoração no Recreio. Com a carreira indo bem, ambas se encontram em um dilema amoroso, na busca do par ideal. Kira sonha sempre com um rapaz misterioso. Até que num dia comum, ela o conhece pessoalmente. Sua vida muda a partir dessa constatação. Ele é real.

Sobre Tammy LucianoFoto -Tammy Luciano

 

Tammy Luciano é atriz, jornalista e escritora. Escreveu os livros Fernanda Vogel na Passarela da Vida, Novela de Poemas, Garota Replay, Claro que te amo! e Sou Toda Errada. Adora chocolate, madrugada, natureza, cachorros, Frida Kahlo, amor de verdade, viajar e conhecer pessoas. Além de escrever, Tammy grava os vídeos do projeto Crônica Falada e viaja o Brasil todo para encontrar leitores em livrarias e feiras. Sonhei que amava você, é o seu primeiro livro com a editora Valentina.

Narrativa

Tammy mais uma vez propõe uma narrativa leve, divertida e repleta de reviravoltas. Uma novidade é que se trata de uma personagem leitora e apaixonada por música. Ou seja, há inserções de várias músicas durante a trama. Me fez lembrar um pouquinho do Maurício Gomyde que costuma fazer isso com frequência em seus livros. Eu particularmente adoro ♥. A narrativa não somente tem espaço a Kira/Felipe, pelo contrário. Os irmãos gêmeos de Kira (Cafa e Cadu) ganham destaque e Lelê rouba a cena em muitos momentos pela sua espontaneidade. A construção dos personagens é sólida e vai sendo revelada aos poucos. Não há só uma problemática na trama, outras vão surgindo aos poucos e tornam o livro muito mais interessante. Os vilões da trama tem nomes engraçados e as situações em que essa turma se mete, chega a um patamar preocupante. Eu realmente fiquei sem fôlego no final do livro.

Diagramação

O trabalho da Valentina com o livro foi bem cuidadoso. Nós leitores escolhemos a capa e a diagramação interna está impecável.

Considerações Finais

É notável o crescimento da autora na estrutura narrativa e na “veracidade” dos diálogos. Afinal, quem nunca sonhou com alguém e depois o conheceu? Eu já passei por isso diversas vezes, é bem legal ler um livro que aborda um tema que causa identificação. A profundidade dos relacionamentos são bem exploradas no livro. Seja o amor de irmão, de amiga e de namorado. Voltado para o público jovem, Sonhei que amava você, é um livro que faz suspirar até perder o fôlego.