Sorvete & Depressão

ISBN-13: 9788544102084
ISBN-10: 8544102085
Ano: 2015 / Páginas: 176
Idioma: português
Editora: LeYa

Este livro é ilegal, impróprio, insensível, perverso, profano, depravado, repreensível e, bem, simplesmente errado. Aqueles que são sensíveis devem devolver este livro e se dirigir à seção de autoajuda imediatamente. Chegou a sua vez de morrer de rir junto com os milhões de fãs de Cyanide & Happiness do mundo inteiro, criada por quatro sujeitos depravados, de diferentes cantos do mundo, a série tem sido considerada genial por comunidades de cegos e deficientes mentais. Foram reunidas mais de 100 tirinhas, incluindo algumas inéditas, repletas de piadas inapropriadas, personagens indecentes e comportamentos impiedosos, que vão te fazer rir (apesar da culpa).

Introdução

Como na resenha anterior, o livro é sobre o Cyanide & Happiness, são novas tirinhas com mais 30 inéditas. Pra quem não conhece ou não leu a resenha que postei logo cedo, Cyanide & Happiness é uma webcomic que foi criada em 2005. Diariamente há novas postagens através do site deles.

Narrativa

A narrativa do livro é bem curtinha, algumas tirinhas quase não há textos. É o humor e a leveza de traços simples. É uma narrativa curta, objetiva e que em muitas situações você vai gostar, outras não vai entender a graça e algumas achará que são de mau gosto. O que é importante frisar é que não se pode levar a sério. É um humor puro e sem censura.

Diagramação

O trabalho gráfico da Leya ficou impecável. O livro tem um formato diferenciado que promove boa visualização das tirinhas. Não foram encontrados erros durante a leitura. Não o imaginaria de outra forma. Um trabalho simples, mas que se tornou indispensável pra quem agora webcomics ácidas como eu.

Considerações Finais

Sorvete & Depressão é uma boa seleção de tirinhas. Uma coisa que seria bacana e tem conteúdo suficiente pra fazer é uma seleção para todo mundo ler uma tirinha por dia, afinal são curtinhas e viciantes. 365 tirinhas tornariam a vida dos leitores ainda mais leve. Enfim, só uma dica. Pra quem ainda não tem contato com as tirinhas e ficou curioso, recomendo acessar ao site. Gostou? Não deixe de adquirir os exemplares da versão encadernada.