Cretino Irresistível

Edição: 1
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788579305290
Ano: 2013
Páginas: 254

Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennett Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennett acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennett e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

proibido

Introdução

Confesso que livros hot dificilmente me atraem. Porém, o livro em questão me surpreendeu bastante. Como sou bem leiga no assunto (não constumo me aventurar com frequência nesse gênero), gostei bastante. Como todo gênero que você conhece bastante, mais seletivo e cricri se fica. O livro tem um tom bem carregado em conteúdos sexuais. Ou seja, se não gosta. Dificilmente vai se entreter. Eu estava com a opinião bem dividida do começo até o meio do livro. Porém, aos poucos as coisas vão ganhando corpo e sentido. É um tipo de livro que não só aborda o ato em si. Então não fica cansativo ou repetitivo demais. A autora tem total domínio da trama. Isso que o torna tão diferente. As autoras Christina Hobbs e Lauren Billings assinam o livro como Christina Lauren.

Narrativa

Do ódio mútuo surge o fogo. A narrativa conta com personagens que no ambiente de trabalho se odeiam, se odeiam tanto que se apaixonam. Apaixonam de um modo totalmente “errado” para os padrões. É um casal sem padrão. Um casal que até certo ponto, não é um casal.

O livro é narrado um capítulo é por Chloe e outro capítulo por Bennett. Isso dá uma plenitude e complementam os sentimentos de ambos. Isso é pouco utilizado atualmente, porém é um “fórmula” muito positiva. Até então, não tinha visto nenhuma história que abordassem os dois personagens em igualdade.

Chloe é uma mulher que está focada na carreira. Porém, os sentimentos falaram mais alto. Todo mundo avisa: não se come a carne onde se ganha pão. Para alguns, isso é um combustível e tanto para que engate o proibido, o anti ético. Bennett é o tipo de cara que deixa a mulher doida, bonito, bem sucedido e surpreendentemente bom de cama.

O relacionamento começa a surgir aos poucos, não é imediatista. Aos poucos vão desenvolvendo sentimentos mais profundos. Isso encanta, pois nesse gênero é muito comum ser imediatista demais e pecar pelo ritmo. Isso não acontece.

Quote Favorito

“For some sick reason, fighting with this woman always ended with her panties in my pocket.” – Bennett

Considerações Finais

Uma trama que pode até ter ocorrido, ou seja, é bastante coerente com o ambiente e com os pensamentos atuais. Um livro que aborda um relacionamento em um ambiente de trabalho. Suas vantagens e consequências. A busca pelo sonho, amor e o sucesso profissional. Uma paixão fulminante, daquelas que não se pode largar. Aguardo ansiosamente o próximo volume da série. Acabei gostando tanto que irei procurar a sequência em inglês.

Ah, e não poderia deixar de dizer: a adaptação para as telonas já está em faze de produção. Ou seja, logo menos, teremos um filme sobre Chloe e Bennett ♥