Edição: 1
Editora: Novo Conceito / Novas Páginas
ISBN: 9788581632926
Ano: 2013
Páginas: 240

Sandra Macedo é uma alta executiva de marketing. Obstinada e competente, sua eficiência é reconhecida pelos funcionários e pela diretoria da holding onde trabalha. Exemplo de mulher bem-sucedida, Sandra vive atolada entre as obrigações profissionais e uma filha que não lhe dá muita atenção. Em meio a essa correria, fica difícil dedicar um tempo ao lado afetivo. Assim, ela acaba se envolvendo com pessoas que podem comprometer sua carreira e sua saúde emocional. A não ser que ela deixe de ser a menininha que, no fundo, continua sendo…

proibido

Introdução

Uma mulher bem sucedida e como uma vida praticamente destinada a trabalhar,  perde a sua agenda. Sua vida muda completamente após indicidente. E nós leitores vamos acompanhar todas as mudanças que ocorrem na vida dessa mulher workaholic, um tanto quanto comum. Esse é o primeiro livro de João Varella, publicado pela editora Novo Conceito.

Narrativa

O livro tem um ritmo muito interessante, ele passa a fluir depois da perda da agenda de Sandra.

Sandra ocupa um cargo alto numa empresa na área de marketing.  Ela tem um alto comprometimento com o trabalho, isso significa que o seu lado emocional é bem frágil e problemático. Ela por falta de tempo e um pouco de tato, acaba se envolvendo sem estar realmente comprometida e apaixonada. Ela acaba os olhos do leitor se passando por imatura e insegura. Embora seja uma mulher guerreira, teve o papel de mãe muito cedo e a criou sozinha sua filha. Agora que a filha já está crescida e em um intercâmbio de estudo e trabalho. Ela ao mesmo tempo sente falta da filha, ou seja, seu lado afetivo fica ainda mais frágil e sensível. É notável o vazio existente no emocinal na personagem e principalmente é notável um certo desdespero por parte dela em estar com alguém. Quando Sandra perde a sua agenda é como se ela perdesse parte dela, tudo o que planeja e precisa está ali.

Outros personagens ao longo da narrativa vão aparecendo e fazendo com que a vida de Sandra tenham alterações. Além dos personagens, o livro também contém apresenta várias situações no ambiente de trabalho e como a mídia pode repercutir até para pessoas não públicas e “normais”. O tom usado pelo autor é mais contido, não há tanto apelo emocional ou algo que te prenda nesse viés. O que mais me interessou é que o livro tem uma premissa muito boa, porém ela não caminha da forma que o leitor imagina. Ela ocorre de uma maneira tão diferente que seja a surpreender pela escolha do autor.

Diagramação

A diagramação do livro é bastante caprichada, reflete o gosto pessoal de Sandra pelo estilo pin-up (retrô) de ser. Gostei muito da capa pois reflete bem o conteúdo do livro. A leitura é rápida. A diagramação contribui para tal.

Considerações Finais

A Agenda é um livro que me deixou refletindo por algum tempo, pois deve ser muito difícil pra alguém como Sandra, lidar com tantas mudanças de uma vez só. Ela teve uma vida toda de trabalho e dos cuidados da filha, chega um momento em que o lado emocional pede arrego. Sua atitude é bem plausível, porém, ela não mede a situação pela qual pode passar fazendo escolhas erradas. Há um viés muito bem pontuado pelo autor, no qual a ética no ambiente de trabalho precisa ser levada a sério, ou se não, as consequências podem ser muito graves.

O livro tem uma premissa interessante, só fiquei um pouco surpresa com o final do livro. Eu realmente não esperava algo tão abrupto e fora da caixa.