A Garota Inglesa


ISBN-13: 9788580414561
ISBN-10: 8580414563
Ano: 2015 / Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Madeline Hart é uma estrela em ascensão no governo britânico: linda, inteligente, com uma trajetória de enorme sucesso após uma infância pobre. Mas ela também guarda um segredo obscuro – é a amante do primeiro-ministro Jonathan Lancaster. E isso é tudo que os sequestradores dela precisam saber para chantagear o premier e fazê-lo pagar caro por seus pecados, ameaçando Madeline de morte.

Temeroso de um escândalo, Lancaster decide lidar com o caso sem envolver a polícia inglesa. É uma manobra perigosa, especialmente para o agente que conduzirá a busca pela garota. Porém, operações mortais com alto risco político não são novidade para o espião israelense Gabriel Allon.

À medida que se aproxima o dia da execução de Madeline, Gabriel mergulha em uma angustiante empreitada para resgatá-la. Mesmo sob pressão, ele está certo de que será bem-sucedido, até que os acontecimentos se desenrolam de forma chocante, e nem mesmo o leitor estará preparado para o que Daniel Silva lhe reserva.

Introdução

É o primeiro livro que leio do autor. Felizmente, me surpreendi bastante com a obra e com o poder da escrita de Daniel Silva.

Em A Garota Inglesa, Madeline Hart é uma jovem com uma carreira política. Ela está numa viagem com amigos e some. Alguns anos depois, um pacote é deixado na casa do assistente do primeiro-ministro, Lancaster – com o qual Madeline tinha um caso secreto – e há uma fita cassete onde mostra Madeline. Lancaster procura ajuda com um espião chamado Gabriel Allon. O tempo está correndo… será que Madeline sairá viva desse sequestro?

Sobre Daniel Silva

Daniel Silva, é um autor estado-unidense de romances de espionagem. Filho de pais açorianos emigrantes em Massachusetts e passou a infância no seio de uma comunidade de pescadores. Daniel foi produtor executivo da programação da CNN em Washington e em 1987 foi nomeado correspondente no Médio Oriente, no Cairo. Viajou muito por toda a região, cobriu a Guerra Irã-Iraque, o terrorismo e os diversos conflitos políticos na região.

Edições estrangeiras

16248078 19147596 21900750 22597354 25499002 25805035

Narrativa

Uma narrativa em terceira pessoa onde Gabriel, o espião é bastante explorado. Tanto os personagens principais como os coadjuvantes, são bem engendrados na trama. Os acontecimentos e denifições do caso são bem detalhistas. Ou seja, é difícil se perder em meio a trama. O mistério se sustenta por bastante tempo. Eu ainda me pergunto o motivo pelo qual ainda não havia lido nada do autor, mesmo sendo apaixonada por livros de espionagem. Todos os elementos comuns do gênero são bem pautados na trama. Claro, sob uma ótica nada cansativa e muito bem arquitetada.

Uma leitura robusta e de tirar o fôlego, terminei o livro em dois dias. Uma trama interessante, comovente e cheia de falcatruas. Aliás, o ser humano está indo de mal a pior, né?

Gabriel Allon me conquistou. Fico feliz em saber que ainda lerei muitos livros com o personagem. Será que será o próximo crush, depois de Myron? Veremos.

Diagramação / capa

Embora simples, gostei bastante da capa. Embora não seja a personagem principal da narrativa, ela que dá start a trama. A diagramação é confortável e não foram encontrados erros que atrapalhem a leitura como um todo.

Considerações finais

A Garota Inglesa, é um livro que sempre irei me lembrar com muito carinho. Pois foi o primeiro que li do autor. E que com certeza, será o primeiro de muitos. Gostei tanto do livro que irei me aventurar nos outros livros e espero que esse carinho só aumente com o tempo. Agora irei com boas expectativas, pois como era uma primeira leitura, fui quase sem nenhuma na trama e me impressionei.