A namorada do meu amigo

Edição: 1
Editora: Novas Páginas
ISBN: 9788581635637
Ano: 2014
Páginas: 336

Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você? Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar… Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!

proibido

Introdução

É o segundo livro que leio de Graciela e posso dizer o quanto gosto dos livros dela. O primeiro Até eu te encontrar é um livro mega fofo (vomita arco íris).

Em A Namorada do meu amigo, temos Cadu como protagonista. Ele acaba se apaixonado por Juliana, a namorada seu melhor amigo. Porém, há um passado entre os personagens que é contado logo no início da trama. Cadu, Beto e Caveira (conhecidos como Os Três Mosqueteiros) cresceram juntos e Juliana era vizinha de Cadu. Algum tempo depois, ela vai morar em outra cidade. Anos depois, ela volta. Porém, ele não imaginava que aquela menina “chata” poderia ter mudado tanto e se tornado uma linda garota. O problema: ela está namorando Beto. Como ele lidará com isso? Essa é a premissa do livro.

Sobre Graciela

Graciela nasceu no Rio de Janeiro. Em 1994 entrou para a Universidade Federal de Viçosa (MG), onde cursou Agronomia. Se formou em janeiro de 2000 e foi para Lavras (MG) fazer mestrado em Fitopatologia, onde ficou até defender sua tese em julho de 2002. A partir de então ela se dedicou a trabalhar com automobilismo e se manteve até agosto de 2010 no SuperLicença, site especializado sobre o assunto. Neste mesmo tempo, fez a assessoria de imprensa do projeto social Ideia Fixa, que ajuda famílias carentes do sertão nordestino. A namorada do meu amigo é o seu segundo livro. [Site oficial de GracielaFacebookTwitterInstagram]

Narrativa

A narrativa de Graciela é simples, mas instigante. O desenvolvimento dos personagens é pleno e os cenários e situações incutidas na trama favorecem o carinho que o leitor vai ganhando em cada um dos personagens. Eu sempre tive um sério problema com protagonistas, acabo me fidelizando a personagens secundários. Nesse livro não foi diferente, Caveira ganhou muito mais atenção do que o próprio Cadu (da minha parte, óbvio). Mas a narrativa ganha vários personagens com pensamentos diferentes e vivências comuns e pautadas em personagens que provavelmente devem existir muitos por aí. Além de um livro romântico, a questão da amizade é tocada a toco momento. Vários personagens são inseridos e ganham sua importância. A leitura é leve e totalmente viciante. Os capítulos são curtos o que instiga a sempre ler e pensar no seguinte.

Diagramação

A diagramação do livro está impecável. A capa conseguiu superar o outro lançamento da autora. A capa é direta e foi muito bem feita. Há alguns erros de revisão (poucos, mas existem). Porém, nada que comprometa a leitura.

Considerações Finais

A Namorada do Meu Amigo é um livro fofo. A questão da amizade, amor e cumplicidade ficam em destaque durante a trama. Graciela consegue desenvolver os personagens com uma facilidade assustadora. Eu costumo brincar que ela é a Susane Colasanti que consegue desenvolver algo maior e que não me enjoa. Recomendo a todos que gostam e se identificam com o gênero/temática.