#BGS2019 – Minha primeira BGS

Enfim chegou o grande dia, a BGS 2019 e como esse seria o meu primeiro evento, já que o evento anterior que compareci ainda não se chamava BGS e sim EGS, considero a edição de 2019 o meu primeiro evento e por conta disso minhas expectativas estavam nas alturas e venho por meio desta análise compartilhar com vocês as experiências que tive.

Devo admitir que por conta da minha expectativa estar bem elevada e por estar sempre com a E3 na cabeça, fiquei com aquela sensação de “esperava mais”, porém com o tempo fui entendendo que é um grande erro querer comparar BGS com E3, apesar abrangerem o mesmo tema (Games), tratam-se de eventos totalmente diferentes com objetivos diferentes, pelo menos no meu ponto de vista.

A E3 é um evento onde as grandes empresas comparecem para mostrar ao mundo suas novidades para o ano em questão e os seguintes, já á BGS não se trata de um evento de anúncios e sim um evento onde as empresas possuem seus stands onde todos podem jogar e experimentar seu jogos já lançados, quem não conhecia passa a conhecer, até possui alguma amostra de jogos que ainda vão lançar, mas nada é anunciado e é bem sutil em comparação aos jogos já lançados.

Entendo essas diferenças de um evento para o outro e pude analisar a BGS com outros olhos e posso afirmar, o evento é nota 10.

Assim que entrei, não sabia para onde olhar, tudo bem iluminado, colorido, me senti como uma criança em uma loja de brinquedos. Pessoas para lá e para cá, cosplays um mais lindo que o outro, muito bonito de se ver.

Irei mencionar somente o stand das principais, Microsoft, Nintendo e Sony.

Enfim cheguei no primeiro stand, o da Microsoft, como é de se imaginar, tudo verde, muitos jogos disponíveis para jogar como Ori, Gears 5, Minecraft, alguns jogos que ainda estão para serem lançados como Battletoads, Bleeding Edge e Tom clancy’s ghost recon breakpoint da Ubisoft, lá tivemos a presença de alguma apresentadores e youtubers conhecidos como o Sarda da Ubisoft, ArnaldoDK, Japa da Xboxmilgrau, entre outros.

Logo em frente se encontrava o stand da Sony, como é de se imaginar, tudo azul, como novidade ela apresentou uma demo de IronmanVR e uma suposta demo de portas fechadas do aguardado jogo produzido por Hideo Kojima, Death Stranding, mas a demo não se tratava de uma gameplay e sim a demonstração de uns vídeos já disponíveis na internet, God Of War, Call of Duty entre outros. Tivemos a presença do Guilherme Gamer no stand, pelo menos foi o único que eu vi.

O stand da Nintendo ficava logo ao fundo, como de se imaginar, todo vermelho, e o que a Nintendo nos mostrou???? Todos os Marios já lançados e portados para o Nintendo Switch, Zelda e uma demo de Luigi’s Mansion 3 que esta para ser lançado e só.

Possuía uma avenida chamada avenida indie onde estava agrupado todos os produtores independentes nacionais e acreditem, tem muita coisa boa. Jogos interessantes e bem feitos, fiquei muito contente com o que vi e torço para que esses produtores independentes venham a se tornar grandes desenvolvedoras de games.

Aventuras e sufocos da BGS

Canseira da Acer – A acer estava dando brindes interessantes que varia de pulseiras a mochilas. Mas para ganhá-los tinha que cumprir 5 tarefas e o prêmio variava de acordo com o número de tarefas cumpridas, claro que eu queria o prêmio máximo. Eram 2 kits, um que vinha com a mochila e outro com boné.

As tarefas eram: Fazer uma tatuagem temporária, tirar uma foto com os cosplays, tirar uma foto naquelas placas onde tem o corpo de um personagem você põe o rosto, jogar um jogo disponível no stand e testar a cadeira gamer. Fácil né? Seria se o fila da cadeira não fosse tão demorada, ficamos cerca de 2h nessa fila, ficamos revezando um com o outro, enquanto um ia fazendo as tarefas o outro ficava guardando o lugar na fila da cadeira, todos terminaram as tarefas e acreditem a fila tinha andando somente alguns poucos centímetros, depois de muita espera e reclamações na fila enfim chegou nossa vez, testamos a tal cadeira e vitória, todas as tarefas cumpridas, agora é só retirar o prêmio e ao retirar, um dos prêmios máximos que era a mochila e o que quase todos almejavam tinha se esgotado. Mas no dia seguinte retornamos e retiramos a mochila e deu tudo certo… Nesse período fizemos amizades e nos contaram que a Lupo estava dando meia de brinde para quem jogasse os jogos disponíveis no stand deles.

Meia, eu quero meiaaaaa – Fomos correndo para o stand conquistar as tais meias que é a paixão de uma das integrantes da equipe e pasmem, ela queria todas as meias para si, de início eu concordei, chegando lá, fácil fácil, pois eles não estavam divulgando esse brinde, a fila era pequena e foi super tranquilo, porem quando fui ver as meias, uma mais linda que a outra tive que voltar atrás em ceder meu brinde, ela ficou com cara de azeitona mal chupada por uns instante, mas o sorriso logo veio quando outro integrante lhe cedeu seu brinde e ela ainda teve a boiada de participar novamente e ganhar outra meia, então, todo mundo saiu feliz…

Que fone é esse? –  Em umas das minhas jogatinas, fui experimentar o Gears 5 da Microsoft, peguei o controlo, coloquei o fone e iniciei o jogo e pronto… Que fone é esse? Qualidade de som impecável, parecia que eu estava em meio ao tiroteio, ouvia cada som, tiro, passos, vento, tudo, me sentindo um verdadeiro soltado, até uma integrante da equipe puxar minha camisa e fazer eu voltar a realidade, sai para atender o seu chamado e esqueci de ver a marca o modelo do fone, aiiiiiiiiiiiiiiii…………. Mas depois eu voltei e peguei, e tudo de boa… kkkkkkkk

Promoter chatinha –  Em um dos stands, fui me aventurar a jogar e veio uma promoter muito simpática, educada me ajudar, me explicando as regras do jogo e etc, até ai tudo bem, mas durante o meu jogo, a mesma não deixava eu me concentrar, ficava gritando, pulando, vibrando, faz isso, pula, vai para lá, ai não, cuidado… Eu só dava risada e não conseguia me concentrar, sei que a intenção dela era me ajudar, não desmerecendo a sua boa vontade, mas ela mais atrapalhou do que ajudou, mas tudo bem, isso rendeu muitas risadas e diversão e fiquei falando dela por um bom tempo durante o meu passeio.

Veredito

Estou muito feliz e satisfeito com a BGS 2019 e me pergunto, por que perdi todo esse tempo para conhecer o evento… Me diverti muito, dei risada, comi, bebi, tirei foto, joguei conheci muito produtos interessantes e até comprei, se ainda tem dúvidas se deve ou não visitar esse evento em algum ano, vá, a diversão é garantida e que venha a BGS 2020.

Deixe seu comentário