Ghost Rider: A Estrada da Cura

Edição: 1
Editora: Belas Letras
ISBN: 9788581741536
Ano: 2014
Páginas: 528

proibido

Introdução

Ghost Rider – A Estrada da Cura é uma autobiografia de Neil Peart, baterista da banda Rush, que após perder a filha de 19 anos em um acidente de carro e sua mulher, vítima de câncer em fase terminal, cai na estrada em sua motocicleta sem destino prévio. Um livro sobre como Neil lidou com a perda e os seus pensamentos mais íntimos são descritos através das páginas. Como o próprio título diz, é uma estrada da cura de Neil. Embora Neil seja conhecido através da música, o bichinho da literatura já o havia picado anteriormente, publicou The Masked Rider: Cycling in West Africa e Traveling Music.

Narrativa

O livro é composto de cartas, trechos de diários e descrição de paisagens por onde passa.

A precisão dos detalhes das paisagens é muito bem narrado. Tudo é bem minucioso através das palavras. Como é um road book, o leitor sente falta de imagens, mas creio que tudo ficou tão presente na mente do leitor através das palavras que é possível ter essa imagem mental que tanto fez falta durante a leitura.

Eu acredito no poder das palavras e das viagens numa forma de cura que só se cessa através de desabafos e vivências compartilhadas. Neil estava no pior momento da vida, onde tudo ruiu e sentia que sua vida não fazia mais sentido quando perdeu as duas mulheres da vida dele. De um modo duplo, ele consegue superar e proporcionar a si próprio a vontade de se reencontrar. A dar um novo significado para sua existência, essas coisas não são pré fabricadas, é necessário um tempo, maturidade e vivência. Neil se despe através das palavras e roda por mais de um ano e divide isso com leitores e fãs.

Diagramação

O trabalho da Belas Letras foi bem interessante, gosto muito da capa pois reflete bastante o que é narrado pelo próprio Neil.

Considerações Finais

O que encontrará em Ghost Rider – A Estrada da Cura é um livro relato, desabafo sobre uma pessoa que se sente perdida e que tenta aos poucos encontrar. É um livro sobre o luto, solidão, amor e fé. Altamente recomendado aos fãs de Rush e a pessoas que se sentem confortáveis com o gênero.