Mosquitolândia
ISBN-13: 9788580577792
ISBN-10: 8580577799
Ano: 2015 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Intrínseca

“Meu nome é Mary Iris Malone, e eu não estou nada bem.” Após o inesperado divórcio dos pais, Mim Malone é arrastada de sua casa em Ohio para o árido Missis – sippi, onde passa a morar com o pai e a madrasta e a ser medicada contra a própria vontade. Porém, antes mesmo de a poeira da mudança baixar, ela descobre que a mãe está doente. Mim foge de sua nova vida e embarca em um ônibus com destino a seu verdadeiro lugar, o lar de sua mãe, e acaba encontrando alguns companheiros de viagem muito interessantes pelo caminho. Quando a jornada de mais de mil quilômetros toma rumos inesperados, ela precisa confrontar os próprios demô- nios e redefinir seus conceitos de amor, lealdade e sanidade. Com uma narrativa caleidoscópica e inesquecível, Mosquitolândia é uma odisseia contemporânea, uma história sobre as dificuldades do dia a dia e o que fazemos para enfrentá-las.

Introdução

Em Mosquitolândia, Mary Iris Malone (Mim) é uma garota bastante hiperativa, rebelde e impulsiva. Ela se muda pra casa do pai e da madrasta, no Mississípi. Ela fica muito irritada, pois terá de deixar sua vida e sua mãe. Já em Jackson (vulga Mosquitolândia), ela acaba ouvindo seu pai conversando com o diretor da nova escola, descobre que sua mãe está doente. Mim não pensa muito, foge para encontrar sua mãe. E acompanhamos toda sua trajetória até o seu “verdadeiro” lar (Cleveland – Ohio), claro, conhecendo personagens e parte de suas vidas também.

Sobre David Arnoldphoto by Daniel Meigs

David escreve histórias e músicas. Vive em Lexington, no Kentucky, com sua esposa e seu filho. Gosta muito de molho pesto, Arcade Fire, livrarias independentes, Elliot Smith. Odeia azeitonas, mentirosos e meias molhadas.

Edições estrangeiras

25454663 

Narrativa

O autor utiliza a voz de Mim para criar o livro, em primeira pessoa, conhecemos a fundo a vida de Mim e seus pensamentos são expostos durante as páginas de modo bem surpreendente. Apesar da pouca idade, Mim tem carisma e uma personalidade bem incomum. Em poucos capítulos já estava torcendo pela personagem, algo que dificilmente acontece.

O sarcasmo de Mim é encantador. De certa forma, seu pai é bastante prejudicado na trama, pois por medo dela ter surtos psicóticos, a medica. Os personagens que vão aparecendo tanto na vida de Mim quanto aos leitores, são bastante divertidos e únicos. Histórias de vida em meio a drama da personagem. Adoro road trips, posso dizer que esse livro simplifica o motivo pelo qual gosto tanto de livros que dão mais atenção ao caminho do que o desfecho e a chegada.

Diagramação e capa

Um dos motivos além de gostar muito da sinopse do livro, foi a referência da capa a Into the wild, um filme que tem um significado super especial pra mim. Adoro livros que se passam na estrada. Não foram encontrados erros durante a leitura. A diagramação está super agradável.

Quote favorito

Selecionei esse quote por um motivo especial. Super me identifico com essa frase. É ainda mais amargo quando se perde algo que nunca teve.

Considerações finais

Mosquitolândia é um livro que vou me recordar por muito tempo. Tanto pela personagem emblemática e curiosa. Quanto pelas questões difíceis que o livro aborda de um jeito totalmente sensitivo. O autor consegue por sentimentos em palavras, sentimentos que muitas vezes são complicados de retratar. Uma parte de Mim, vive em mim.