Edição: 1
Editora: Globo Livros
ISBN: 9788525056030
Ano: 2014
Páginas: 272
Tradutor: Celso Mauro Paciornik

No alto da página de um caderninho estava escrito “Os Três Ratos Cegos”. Pregado ao corpo da vítima, um pedacinho de papel onde se lia: “este é o primeiro”. Abaixo, um desenho de três ratos e uma pauta musical. A música era da historinha infantil Os três ratos cegos… Um assassino com um prefixo musical se divertia qual gato e rato. “Os Três Ratos Cegos” é a história de que se originou a mais representada peça de teatro de nossa época, A ratoeira, e abre esta coletânea de contos. Mais concisos que seus romances, e tão ricos quanto eles, revelam, através de diabólicos jogos de falas, situações e tramas, a inimitável arte de Agatha Christie em inventar e solucionar mistérios.

proibido

Introdução

Em Três ratos cegos e outros contos, podemos ter 9 contos da autora em um livro só. Em Três ratos cegos, podemos ter pistas através da canção que revelará o autor de alguns crimes. Em Uma Estranha Charada, Miss Marple terá que desvendar uma charada em uma busca por um tesouro. A personagem ainda participa de outros 3 contos do livro. O livro conta com três contos com o Hercule Poirot. O último conto se chama “Os detetives de amor” onde Mr. Quin, desvenda a morte de um homem que foi encontrado em sua biblioteca. O livro é recheado de pistas e momentos impactantes. É possível notar muitas das características de Agatha neles. É um excelente livro para se começar a ler os livros de Agatha. E é um livro também, para aqueles que já gostam da autora a se fidelizarem mais uma vez com suas histórias e os seus momentos de tensão.

Sobre Agatha Christie

Dame Agatha Mary Clarissa Christie, mundialmente conhecida como Agatha Christie, foi uma romancista policial britânica, autora de mais de oitenta livros. Os livros de Christie são os mais traduzidos de todo o planeta, encontrando-se pelo menos em 103 idiomas diferentes. Venderam mais de 4 bilhões de cópias no total e são superados apenas pela Bíblia. Conhecida como “Duquesa da Morte” e “Rainha do Crime”, criou os famosos personagens Hercule Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence Beresford e Parker Pyne, entre outros. Agatha Christie escreveu também sob o pseudônimo de Mary Westmacott.

Site oficial

Capas pelo mundo

359251 502950 13622161 9660589 4859074 9824474 1835696 23341201 20559227 2683325

Narrativa

Três Ratos Cegos

A trama ganha corpo quando uma série de assassinatos ocorre em uma hospedaria em uma estrada e que está bloqueada por neve. O ritmo da narrativa é bem rápido e nauseante. A densidade dos acontecimentos é grande e sufocante. Ao final, temos uma resolução de tirar o fôlego. 89 páginas de pura tensão.

Uma estranha charada

Nesse conto, um casal tenta encontrar uma fortuna deixada pelo tio-avô. Como não conseguem desvendar a charada, chamam Miss Marple para tentar solucioná-la e encontrar o lugar aonde se encontra esse tesouro. O conto é bom, Miss Marple é uma grande personagem, mostra o quanto ela é boa em solucioná-las. Algo que nem me vinha a mente.

O Crime da fita métrica

Nesse conto, um mulher é assassinada e a culpa recai sobre seu marido, pois ele ganhará um bom dinheiro com isso. Marple é envolvida para tentar desvendá-lo e encontrar o assasino ou a culpa do próprio marido da vítima.

O Caso da empregada perfeita

O caso da Empegrada, um broche desaparece e uma empregada é demitida. Marple, será acionada pela empregada para encontrar o tal broche e tirar a acusação de roubo.

O Mistério da Caseira

Miss Marple está com uma gripe e não anda muito feliz.  O seu médico lhe dá uma pequena história para desvendar o segredo e não é que ela resolve mais um?

O apartamento do terceiro andar

Poirot está entediado, pois faz 3 semanas que não desvenda o seu último caso. Hastings, surgere uma noite no teatro. Na sua volta para a casa, ele descobre que o nova vizinha dois andares abaixo foi encontrado baleada.Ela tinha se mudado no mesmo dia e era desconhecida dos outros moradores. Ele auxiliará a Scotland Yard para encontrar o assassino e o motivo de tal crime.   Esse conto ganhou uma adaptação cinematográfica em 1989.

A Aventura de Johnnie Waverly

Sr. Waverly é rico pois sua mulher tem uma grande fortuna, ele pede os serviços de Poirot. Sendo assim, ele lhe entrega uma carta, dizendo que seu filho pequeno, Johnnie, será sequestrado e será libertado mediante o pagamento de um resgate. E mesmo com Poirot presente na casa de Waverly, o rapto acontece, mas nem tudo é como parece.

Vinte quatro melros
Um homem de vida totalmente regrada muda seus hábitos. Sendo assim, pouco tempo depois, ele é encontrado morto. Poirot, tenta desvendar por conta própria.
Os detetives do Amor
Mr. Quin, desvenda a morte de um homem que foi encontrado em sua biblioteca.

Como todos os livros de contos, uns se destacam mais do que os outros. O meu favorito sempre será o Três Ratos Cegos, pois foi o de maior impacto e é o mais conhecido da autora. Não tem como não se encantar por Agatha através dele. Pois sua inteligência em criá-lo atingiu outros patamares da literatura.

Diagramação

Trabalho gráfico perfeito. O tom utilizado é totalmente harmônico com as outras edições pela Globo Livros, a diagramação interna é simples, porém eficaz. Trabalho de tradução está ótimo. Pude vê-lo, através da minha edição britânica do mesmo. Eu sou tão fã de Agatha que tenho alguns livros em outros idiomas (espanhol, inglês e francês).

Considerações Finais

Como dito anteriormente, o livro é bastante fluído e contém muitas das características que consagram Agatha como escritora. É um bom livro para primeiro contato.