Alma?

Edição: 1
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859042
Ano: 2013
Páginas: 308
Tradutor: Flávia Carneiro Anderson

Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.

E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.

Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e… será que vai ter torta de melado?

Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.

proibido

Introdução

Antes de tudo gostaria de explicar um pouquinho do sub-gênero literário Steampunk. O Steampunk é um sub-gênero literário de ficção-científica. A fama maior do gênero foi nos anos 80 e 90.

Mas como é categorizado?

A ficção steampunk se foca na cinematica da era vitoriana (como é o caso desse livro) ou na tecnologia real e teórica. É inserido no gênero alguns elementos de fantasia, tendo assim, influências góticas, ocultistas e lovecraftianas ♥.

Narrativa

A narrativa de Gail é contagiante. As comparações e o modo com descreve os ambientes e personagens é totalmente diferente do que venho acompanhado. Uma trama que não possui erros e nota-se todo o trabalho na busca de ambientar da melhor forma possível para o leitor.

O ponto de destaque do livro é a própria personagem Alexia Tarabotti, filha de italiano, solteira aos 26 anos e considerada como um ser sem alma é dona dos melhores diálogos do livro.  Alexia é uma pessoa a frente do seu tempo, ou seja, ela é incompreendida. Como isso acontece? Ela não quer seguir os preceitos/protocolos adotados pela sociedade, nega o tradicional.

Embora Alexia seja o destaque, dois personagens da história chamam atenção: Lorde Maccon e Lorde Akeldama. São personagens bastante caracterizados e desenvolvidos pela autora. Ou seja, também tem a capacidade de cativar o leitor durante a leitura. Maccon é bem machista e bem forte.

O livro possui um romance, porém ele não é foco principal do livro. Em destaque sempre está os crimes e conspirações.

O livro é bem diagramado pela editora. Nota-se o carinho e capricho com a obra.

Quote Favorito

“A srta. Tarabotti desviou o olhar daquela imagem hedionda. Quem fora mesmo que dissera “um grau infimo de civilidade”? A moça fechou os olhos, pensou bem e concluiu que devia ter sido ela mesma. Levou uma das mãos ao pescoço.

– Por favor, Lorde Maccon, use uma das xícaras. Para não ofender minha suscetibilidade.

O conde resfolegou.

– Minha cara, se a senhorita é suscetível, nunca o demonstrou para mim. – Mas colocou o bule de volta no lugar. – 57

Considerações Finais

O próximo livro da série sai em agosto. Confesso estar bastante ansiosa para ler. Pois o livro instiga a isso.

Alma? é um livro que conta a história de Alexia, uma preternatural. Porém, o livro possuí uma alma. E que vai se desenvolvendo aos poucos. Deixando o leitor maluco para saber o que irá acontecer depois.