Ex-Heróis
ISBN-13: 9788542801057
ISBN-10: 8542801059
Ano: 2013 / Páginas: 344
Idioma: português
Editora: Novo Século

Introdução

Em Ex-Heróis, Dragon Mighty, Cerberus, Regenerator, Stealth e Gordon são heróis e faziam o possível pra tornar Los Angeles, uma cidade segura. Porém, uma pagra se espalhou não só por ela, mas pelo mundo todo. Muitas pessoas morreram e hordas de zumbis tornaram o mundo bem diferente do que conhecemos. Um ano depois, eles ainda tentam proteger os sobreviventes. Eles estão em um estúdio de cinema que foi equipado para ser uma fortaleza. O problema é que não é só dos zumbis que é preciso se salvar, um inimigo com poderes especiais que está disposto a piorar a situação deles. A perfeita junção entre super heróis e um cenário destruído pelos zumbis.

Sobre Peter Clines

Ele cresceu no Maine de Stephen King e foi inspirado por histórias em quadrinhos, Star Wars e desenhos animados de sábado de manhã. Escreveu aos 8 anos sua primeira história épica, O Homem Lagarto do Centro da Terra. Ele vendeu seu primeiro escrito aos 17 anos para um jornal local, e aos 19 completou seu PhD quádruplo em estudos da literatura inglesa, arqueologia, física quântica e dança interpretativa. Ele é o escritor de diversos artigos sobre filme e cinema, vários contos e do site Writer on Writing. Ele atualmente vive e escreve em algun lugar no sudeste da Califórnia.

Edições estrangeiras

16479439 8197767 23980747

Narrativa

A narrativa é divida entre capítulos alternados em antes e depois. O que torna tudo bastante claro para o leitor. Quem está acostumado a ler livros de zumbis, sabe que nem sempre os autores tem essa preocupação em passar como os personagens viviam antes do caos. Clines tem propriedade em tudo que fala, principalmente quando um ambiente como um estúdio de cinema, lhe é tão familiar.

Como todo livro, sempre há uma pedrileção por personagens e o amorzinho da vez foi a Cerberus, é uma personagem forte, corajosa e mega inteligente. Ela cria um armadura indestrutível. As personagens femininas, no geral, são tão espertar e fortes quanto os personagens masculinos, algo que muito se admira, pois nem sempre isso acontece.

Os diálogos são críveis e simples, Clines aproveita e se joga em cenas de ação de uma forma muito envolvente. A leitura não é rápida, mas também não fica parada por muito tempo. Ele literalmente brinca com os estereótipos de uma forma muito natural, sem forçação de barra.

Projeto gráfico

O projeto gráfico é bem feito, deixa o leitor pronto pro ambiente e pros acontecimentos de uma forma bem agradável. A diagramação é confortável. Há alguns erros na edição que li, mas nada que comprometa o entendimento.

Considerações finais

Ex-Heróis, é um livro viciante. Bons personagens, boas cenas e uma ambientação bem colocada e crível diante da narrativa que propõe. A minha sorte é não ter que esperar pela continuação, amanhã já tem a resenha do livro que dá sequência a série, Ex-Patriotas.