Não Pare!

ISBN-13: 9788565859660
ISBN-10: 8565859665
Ano: 2015 / Páginas: 280
Idioma: português
Editora: Valentina

Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas.
E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!
Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes… Enfim, curtir a juventude.
Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!
Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?
Seria a Morte sua companheira para toda a vida?
É chegada a hora da verdade.

Introdução

Sabe aquela sensação de orgulho que dá quando vê que uma autora tão querida, como a FML Pepper, finalmente tem seu livro físico por uma editora muito bacana? Pois é, não tem como não ficar emocionada. Li Não Pare! e fiz a resenha pra vocês em 2013. Volto aqui para contar um pouco das minhas impressões sobre a nova edição. Sim, a história é a mesma, apenas com algumas modificações, mas nada que comprometa a trama, pelo menos, que eu me lembre.

Em Não Pare!, Nina Scott, uma garota de 16 anos, leva uma vida nômade há muito tempo e estava bem cansada disso. Agora, ela exige saber o motivo pelo qual, sua mãe Stela, sempre mudava, ou seja, Nina não criava laços com ninguém, afinal, nunca ficava tempo o suficiente pra isso.

Sobre FML Pepper

FML Pepper foi a primeira autora no Brasil a assinar contrato híbrido com uma editora nacional: seus livros impressos serão lançados em 2015 pela Editora Valentina, enquanto as versões digitais continuarão sendo vendidas pela Amazon, onde iniciou sua carreira como autora publicando sua trilogia Não Pare!

Site oficialTwitterFacebook

Narrativa/Personagens

Narrativa tem uma abordagem simples e bastante clara, pra alguns pode ser mais acelerada do que o comum, o que é um ponto positivo ao meu ver, pois dá destaque apenas aos detalhes mais importantes. Brincar com o suspense que nunca termina? Não em Não Pare! Nina é uma personagem feminina que muito me agradou, pois ela não é bobinha, pelo contrário, se mostra alguém muito mais madura do que realmente é, o que notamos é que ela está cansada de tanto mistério e segredos. Richard Trent é aquele personagem que você ou vai amar ou vai odiar, no meu caso a balança pesou mais pro amar. Enquanto Kevin, por ser aquele típico garoto que a menina não dá tanta bola por ser bonzinho… foi praticamente apagado de toda ação presente no livro.

Capa/Diagramação

O trabalho da Valentina foi bem proveitoso, o livro foi auto-publicado em ebook, pensaram na sequência e tornou tudo mais harmônico. Pequenos detalhes da original e da nova versão são bem sutis, mas gostei bastante do tratamento dado pela editora. A diagramação é bem confortável, não foram encontrados erros que comprometam a leitura. Só tenho elogios quanto a esses quesitos.

Considerações Finais

Não Pare! é aquele tipo de livro que é difícil largar, até o último capítulo, somos levados a desvendar cada nova descoberta. Ando numa época de muitas leituras que mesclam fantasia e ficção científica. FML consegue cativar e mexer com o leitor nesse livro, não é um livro apresentação, ele tem conteúdo o suficiente pra deixar o leitor curioso.

Ainda não li a sequência do livro, mas confesso que quero muito dar continuidade a trilogia. Além de uma boa história, temos uma autora que é uma simpatia e muito batalhadora. Merece todo o reconhecimento possível.