Bird Box (2018)

Bird Box (2018)

Pensem em um filme que estavam mega ansiosos para assistir. Foi o que aconteceu com Bird Box. Infelizmente não consegui ver a pré estreia do filme na CCXP, mas chegou hoje na Netflix e voltei do trabalho correndo para assistir.

Resultado de imagem para bird box movie

Baseado no livro do mesmo nome e publicado no Brasil pela Intrínseca em 2015 com o nome de Caixa de Pássaros, do autor Josh Malerman. A adaptação foi dirigida por Susanne Bier e roteirizada por Eric Heisserer.

O longa original da Netflix, tem Sandra Bullock, Sarah Paulson e John Malkovich no elenco.

Resultado de imagem para bird box movie

Em Bird Box, Malorie (Sandra Bullock), tem seu protagonismo em dois períodos distintos e que uma hora serão intercalados de forma bem natural na narrativa. Ela está grávida e quer abortar a criança, mas sua irmã Jessica (Sarah Paulson) tenta convencê-la a ter o bebê. Durante uma consulta de rotina, o mundo está bem diferente do habitual. Elas haviam visto uma notícia tempos antes, de um surto na Rússia, mas não imaginavam que isso ia chegar até os EUA. Existem criaturas misteriosas soltas que ao olhar, você terá ações suicidas. A parte da narrativa no presente, Malorie está com duas crianças, determinados a chegarem a um lugar seguro, terão longos dias a bordo de um barco onde terão que cobrir seus olhos para não se entregarem a essa loucura.

Imagem relacionada

A narrativa do filme é bem explorada, a premissa ficou bem destacada nos momentos certos. O ritmo do filme me agradou bastante em muitos aspectos, leva o espectador para aquele sentimento de agonia no qual os personagens abdicam da visão para sobreviverem. Gostei bastante como o filme adota elementos para representar essas criaturas, seja quando as folhas se movem, vozes de pessoas conhecidas convencem os não “infectados” a tirarem suas vendas ou quando os pássaros ficam agitados quando as criaturas se aproximam dos personagens.

Imagem relacionada

A atuação de Sandra Bullock é um show à parte. O destaque é mais do que merecido. Malorie, não é uma personagem que nos identificamos de primeira, mas pela força de vontade e destreza, acabamos torcendo pelo seu sucesso. Principalmente, a garra que tem para encontrar o abrigo e salvar as crianças das criaturas. O destaque também vai para Tom (Trevante Rhodes), que tem papel fundamental na trama e está disposto a ajudar tanto a Malorie, quanto o garoto e a garota.

Se você ainda não leu o livro e tem interesse em assistir, eu acho que as duas formas de narrativa, são bem agradáveis de se vivenciar. Elas promovem reflexão e deixam o coração bem apertado pelo destino incerto dos personagens.

Se eu vou assistir de novo? Acredito que sim. Caixa de pássaros, foi um livro que me marcou muito em 2015. Bird Box, é um filme muito bem executado tanto na parte técnica, quanto em sua narrativa.

você também pode gostar

deixe seu comentário